sexta-feira, 12 de agosto de 2011

CONAMAD


NOTA DE REPÚDIO 

DE TODOS OS PRESIDENTES DAS CONVENÇÕES ESTADUAIS – CONAMADs, CONTRA A MATÉRIA PUBLICADA PELA REVISTA “ISTO É” EM 07/07/2011
A todo o Brasil!
         Tendo em vista a matéria veiculada pela Revista “ISTO É”, página 70, Edição n. 2174, de 07/07/2011, sob o título “OS CALOTES DO BISPO”, vimos por meio desta nota expor o nosso total repúdio a essa atitude, que teve a intenção de manchar a reputação do nosso líder maior, Bispo Doutor Manoel Ferreira.
         A referida matéria traz em seu bojo informações inverídicas, sem comprovação, simplesmente publicada ao bel prazer da Revista Isto É, por meio de seu Redator Senhor Cláudio Dantas Siqueira, sem ao menos buscar a veracidade de cada informação que lhe foi repassada.
         A revista “Isto É” acusa o Bispo Doutor Manoel Ferreira de ser “caloteiro”; usar “laranja” para abrir faculdade, dar “golpe” nos sócios e sonegar milhões em impostos; valer-se de “expedientes pouco republicanos” para se tornar proprietário de um negócio lucrativo: a Faculdade Evangélica de Brasília – FEB; é acusado de demitir funcionários sem pagar direitos trabalhistas. Alega, ainda que os outros sócios têm medo de represálias, e que “a tentativa de dar uma fachada de legalidade para o negócio é apenas um dos muitos pecados do bispo Manoel Ferreira”.
         Porém, tais alegações não tem qualquer consistência, pois, ao buscarmos em fontes fidedignas, observamos que não passa de uma farsa tais acusações, haja vista que o tão alegado “contrato de gaveta” na referida reportagem, trata-se de uma Ata da Reunião Extraordinária ocorrida em 25/07/2007, para tratar de assuntos referentes à Faculdade Evangélica de Brasília - FEB, com a presença de todos os sócios à época, pastores e juristas, inclusive o próprio Pastor que deu início à essa infundada denúncia, porém ninguém se manifestou em contrário, até porque não há motivos para tanto. Tal ata encontra-se registrada e arquivada em Cartório Extrajudicial, o que a torna pública para todos os efeitos legais, dando poderes ao Pastor Eduardo Sampaio Oliveira, não como “laranja”, mas para representar institucionalmente a CONAMAD, instituição sem fins lucrativos, na Sociedade da FEB dentro da legalidade, mas não com a intenção de dar calote em quem quer que seja, muito menos de sonegar impostos, ou demitir professores sem o devido pagamento de suas verbas trabalhistas, até porque a CONAMAD não tem acesso às contas da referida Instituição de Ensino, não sabe qual é sua receita nem sua despesa, porque a prestação dessas contas lhe são tolhidas por quem realmente figura na Administração da Faculdade.
         Portanto, nós confiamos na integridade do Bispo Doutor Manoel Ferreira, homem próspero, batalhador, de reputação ilibada, jurista, de família próspera, e conhecido internacionalmente, de forma que não precisa de se valer de “maracutaias”, de “laranjas”, ou de “expedientes pouco repubicanos”, como foi colocado, para obter vantagem e enriquecer-se, como insinuou a reportagem da revista Isto É.
         Ressalta-se que o Bispo Doutor Manoel Ferreira é homem de muitos compromissos no Brasil e no exterior, e o excelente Ministério Pastoral que exerce, está muito a cima do que ser “proprietário de faculdade”, a ponto de não ter tempo para se preocupar em dar “calotes” e/ou administrar faculdade, ainda mais da forma em que foi noticiada.
         Embora a referida Faculdade tenha sido criada por outras pessoas, teve o apoio do Bispo Doutor Manoel Ferreira, devido a sua benevolência e sensibilidade quanto às dificuldades porque passa a Educação do nosso País, cuja intenção sempre foi beneficiar milhares de pessoas de baixa renda, com mensalidades acessíveis, ou até mesmo com bolsas de estudos para as pessoas da comunidade da Igreja, o que seria um direito legítimo da CONAMAD.
         Assim sendo, não se pode dar crédito a uma Revista que destacou trechos isolados de uma peça processual, onde impera o princípio do contraditório e da ampla defesa, e deu a interpretação de acordo com a sua conveniência, sem oportunidade de defesa, e sem se importar com os prejuízos injustos causados ao Bispo Doutor Manoel Ferreira. Aliás, o fortes de revistas dessa natureza é lucrar injustiçando as pessoas de bem como é o caso.
         Posto isso, é a presente para registrar o nosso repúdio à essa matéria covarde e gravosa, que não passa de meras aleivosias e falácias refutadas veementemente pelo Bispo Doutor Manoel Ferreira, a quem declinamos o nosso apoio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...