segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MINISTRAÇÃO NA ASSEMBLEIA DE DEUS MIN. MISSÃO EM SANTA QUITÉRIA-CURITIBA ,PASTOREADA PELO Pr. MARCELO DE OLIVEIRA


Dons Espirituais
Texto Referência: Ef. 4.1-6.
                   O contexto é bem significativo, ao que se diz respeito à unidade do Espírito, podendo assim também ser chamado de DONS ESPIRITUAIS. Esta termologia é algo que produz grande expectativa nos dias de hoje, grandes homens são usados pelo Espírito Santo em nossos dias, levando com eles multidões de famintos espirituais em uma corrente em que muitas vezes se transforma em uma idolatria espiritual, aparentemente sadia, pois não busca denegrir pessoas, mas sim leva-los a alcançarem algo no mundo espiritual, mas mesmo assim se torna nocivo a saúde espiritual, pois impedi a muitos em compreender que os dons estão acessíveis a todos 1°Co. 12.11, basta procurarmos com zelo 1°Co. 14.1 e entendermos os objetivos específicos 1°Co. 12.7, vivendo em perfeita santidade.
                                                                                                                                            
                  Por vários séculos o fator *Dom Espiritual, ficou sem ser dado ênfase nas escrituras, até Paulo escrever 1°Co. 12 a 14, mostrando assim as negligências evidenciadas que eram cometidas naqueles dias. Uns buscavam os dons e outros defendiam a extinção dos dons com a morte do último apóstolo de Cristo. É importante entender que o Espírito Santo nos é dado para nos tornar eficaz em Cristo, os dons espirituais nos são dados para serviço do reino de Deus, e o fruto do espírito, para que tenhamos caráter de (SERVOS) homens e mulheres de cristo.              
                  Não existe maior e melhor no reino de Deus, fomos feitos para a complementaridade 1° Co. 12.15-21 um possui um dom e outro, outro dom, demonstrando que precisamos uns dos outros para nos tornar completamente servos de cristo. 1° Co. 12.25-26.
                  São chamados de dons: da palavra da sabedoria, do conhecimento, fé, de curar, de poder (livrar as pessoas de atos malignos), de profecia, de variedades de línguas, de interpretação de línguas e do amor, conforme relatado em Rm. 12.3-8, 2° Co. 12.12, Hb. 2.4, 1°Pe. 4.10-11, e partes no livro de Atos, mas devemos entender que nem todos nós possuiremos todos estes dons, uns mais outros menos, e em poucos casos, todos; mas nada nos torna melhores ou especiais neste caso.
                  Se existe um dom que todos temos que o possuir e buscar chama-se AMOR, este é o dom supremo ao quais poucos buscam nos dias de hoje e esquecem que sem ele nenhum outro se torna válido, se tornando assim sem eficácia em Cristo 1°Co 13, os demais dons são distribuídos conforme a necessidade da igreja. O amor é imperativo; ou seja, não é facultativo te-lo, mas sim um dever, pois o mais importante é o amor. 1° Co. 13.1
                                                                                                                    

Um comentário:

  1. essa´palavra e muito boa segue assim q Deus vai te honrar basttante

    ResponderExcluir

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...