quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

ADQUIRINDO UMA FIDELIDADE INABALÁVEL
TEXTO DE REFERÊNCIA: Gn. 37.3-8
Introdução:
Fidelidade quer dizer “observância (Ação ou efeito de observar, de praticar com fidelidade alguma coisa) da fé”, a palavra de Deus nos mostra a história de homens que mantiveram sua fidelidade inabalável, não se importando com as dificuldades do dia a dia, homens como Abraão Gn. 22, José  Gn. 39, Moisés  Nm. 12, Davi 1° Sm.22, Daniel Dn.6, Paulo At.20, e outros... São grandes exemplos que podemos encontrar como servos leais e fiéis a Deus. Fidelidade é algo que Deus requer de nós como parte do “FRUTO DO ESPÍRITO” Gl.5, entendendo assim que sem ela não podemos alcançar as bênçãos propostas por Deus nas nossas vidas,pois até a natureza experimenta a ação recíproca de fidelidade de Deus Sl. 36.5, e nós?
Vejamos alguns exemplos que José nos ensina para mantermos uma fidelidade inabalável.
  • Entender a visão de Deus para nós. Gn. 37.5-6,9-11. Mesmo sendo jovem, ele já tinha promessas em sua vida e entendia o que Deus tinha para ele; mesmo sem compreender a profundidade dos sonhos de Deus, ele sabia que a promessa era especial.
  • Buscar um relacionamento com Deus. Gn. 39. 2,21,23. O texto nos mostra o segredo que José tinha “O SENHOR ERA COM JOSÉ” nada abalou a sua estrutura, as posses de seu senhor, o desprezo de seus irmãos ou uma mulher maliciosa, viveu momentos altos e baixos de propostas para tirá-lo do foco, mas não se intimidou com as estratégias do inimigo de nossas almas, pois seu relacionamento era estreito com DEUS.
  • Mantenha o caráter. Gn. 39. 7,8. José conhecia a visão de Deus para a sua vida, o relacionamento estreito com ele havia forjado um caráter moral acima de tudo, custe o que custar, mantenha um caráter irrepreensível.
Conclusão:
As dificuldades que José enfrentou, fez com que ele adquirisse confiança nas suas lutas e diversidades. Ele venceu demonstrando competência e caráter em todos os seus momentos, foi capaz de manejar cada derrota que sobreveio e as transformou em vitórias de vida, não perdendo a fé e a esperança, mas adquirindo uma fidelidade inabalável. Gn. 50.22-26, Ex. 13.19.
“DEUS NOS PROVA, MAS NOS HONRRA NAS PROMESSAS”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...