quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

APOSTASIA
TEXTO DE REFERÊNCIA: 2° Tm 3.1-9
Introdução:
O apóstolo Paulo, em 1° Tm. 4.1, inspirado pelo Espírito Santo vem advertir Timóteo sobre os últimos dias em que vários fatores aconteceriam,buscando mudar o sentido real do Cristianismo. A apostasia (Palavra de origem grega que significa abandono consciente e público da fé. Jd. 3).iria tentar atingir alguns pontos da fé como:
·         A dissolução da graça Jd. 4;
·         A salvação por meio de CRISTO. At. 4.12;
·         A certeza de sua vinda 2° Pe. 3.1-10.
Perdendo estes conceitos, o Cristianismo se tornaria uma mera organização religiosa, deixando de ter o sentido de Reino de Deus.
Pontos devastadores da apostasia:
  • O esfriamento do amor: A perda do primeiro amor é o ponto mais preocupante e devastador, é algo abominável aos olhos de Deus. O próprio Jesus afirma sobre isto, a falta do amor está em todas as partes da igreja em seu departamento, com o seu irmão, com as almas, com o líder de sua igreja, e até em muitos casos com Deus. Ap. 2 1-4, Mt. 24.12.
  • O misticismo Herético: Este é um grande mal dos últimos dias, é a prática da religiosidade humana confundida com a espiritualidade Divina, que realmente age na idolatria a homens, objetos e outros meios, que muitas vezes levam as pessoas a sentirem um estado de êxtase humano irracional, ou seja, vivendo a prática do homem natural Rm 12.1, e assim acreditando estarem tendo uma experiência com Deus. Os meios mais conhecidos são:
1.    Heresias proféticas Cl 2.18., Mt. 24.11.
2.    Prodígios e rituais de origem demoníacas Mt. 24.24.
3.    Doutrina de demônios 1° Jo. 4.1-2.
Conclusão: Vivamos alerta, pois nem sempre fervor, sinais e maravilhas significam espiritualidade verdadeira, pois ela pode ser fingida, forjada, emocional e demoníaca. Se não estivermos atentos e vigilantes, poderemos ser enganados por estas práticas que nos levariam a perca da fé. Estejamos sempre vigilantes no agir, falar e no pensar. Para então assim cada dia mais nos lavarmos no sangue carmesim, que não aceita mancha, mentira e incredulidades. E que acima de tudo suas promessas não mudam, mas permanecem firmes para sempre. Passemos a conhecer, viver e praticar a palavra genuína de Deus. 2° Tm. 3.16-17

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...