quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

MINISTRAÇÃO DE 23 DE FEVEREIRO ADEG 13/15 SUL.


UM LAR FELIZ
TEXTO DE REFERÊNCIA: Sl. 128.
Introdução:
A ORIGEM DO LAR
Gn. 1.25-27; 2.7-8 21-25
           O lar é muito mais do que de um resultado de duas pessoas entrando numa união socialmente contratada. É algo misterioso e glorioso, criado por Deus e permanente que se realiza melhor dentro da estrutura que AQUELE, que o instituiu estabeleceu. O mútuo respeito e consideração se tornam a parte essencial de uma vida a dois, pois como poderia alguém maltratar a sua carne ou corpo? Pois somos uma só carne e se alguém assim maltrata seu cônjuge esta se maltratando, ou verdadeiramente não se tem amor. Mc. 10.6-9.
Vejamos alguns conselhos para um lar harmonioso:
1.    Deus acima de todos
·         Tudo foi feito para a glória de Deus. Rm 11.36.
·         Tudo vem de Deus. 1° Co. 11.12.
·         Cristo é a cabeça de todo o homem. 1° Co. 11.3.                                                                                                                          
2.    Homem sobre a mulher
·        O homem e a mulher são a imagem e glória de Deus. 1° Co. 11.7
·         Deve amá-la acima de tudo. Ef. 5.25,28-30.                                                                                          
3.    Mulher sob o homem
·         Terá o teu desejo para o teu marido. Gn. 3.16.
·          Submissão. Ef. 5.22-24
4.    Os filhos sobre a autoridade dos pais
·         Os filhos têm responsabilidade de obedecer aos pais. Êx 20.12; Ef. 6.1-3.
·         Os filhos têm responsabilidade de cuidar dos pais na velhice. 1° Tm 5.4.

O respeito mútuo
            Respeito mútuo é aquele cuidado que um tem pelo outro em consideração da sua qualidade de autoridade e responsabilidade. Conduza a um exercício de amor verdadeiro visto em ações de respeito. Sem respeito mútuo pela posição da pessoa com qual se está casado, o amor entre o casal deixa de ser algo além de paixão, ou sentimentos imediatos. Com respeito mútuo pela posição da pessoa com qual se está casado, um alicerce firme está feito no lar para aguentar qualquer problema que pode vir enfrentar o lar. Este respeito mútuo das posições que Deus colocou no lar, primeiramente aprendido pelo casal e depois exercitado no lar, logo influencia os filhos que Deus traz para o lar, dando um exemplo de amor verdadeiro e maduro para eles saberem seguir o mandamento de Deus em respeito às posições nas quais Ele os tem colocado. 1°Co.11.11-12.
Conclusão:
            O lar não pode ser um ambiente artificial, mediante as orientações que acabamos de estudar, mas verdadeiramente tem que ter como base sempre o amor. Cada dia mais vemos lares destruídos por causa do machismo que entende que como cabeça os demais membros da família são apenas fantoches, e em outros casos mulheres que aprendem com a mídia em ser alto suficientes, e filhos que são influenciados pelas amizades e outros que o diabo usa para colocá-los contra seus pais.ensinar no caminho onde se deve andar ainda é a forma mais sábia de se formar uma família.uma família que anda junta e unida não se abala facilmente.Pv.22.6.
      

“Eu e minha casa serviremos ao Senhor.”
                                                                       Js. 1.1-2.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...