quarta-feira, 23 de março de 2011

PALAVRA PASTORAL DE 23 DE MARÇO DE 2011.


REVERÊNCIA... UM ELO PERDIDO.
TEXTO REFERÊNCIA Hb. 12.12-29
       Alguém já ouviu falar em ordem e decência? Na Bíblia encontramos essa frase poderosa que diz que o culto deve ter ordem e decência. Não é uma frase de efeito solta no meio da Bíblia. Pelo contrário, ela mostra exatamente como deve ser um culto a Deus. É uma orientação de como devemos nos comportar na casa do Senhor. Será que é tão difícil para o ser humano adorar a Deus de forma realmente ordeira, com sinceridade em seu coração.
      Imagine a abertura do culto, com a equipe de louvor dando início à adoração. Em seguida, imagine que Deus está no altar, esperando para receber nosso louvor, adoração e agradecimento. Agora, imagine o povo de Deus em seus lugares, conversando com o irmão do banco ao lado e, a despeito de cumprimentá-lo, beija, abraça e decide contar uma novidade. Outro resolve levantar e ir ao banheiro, beber água ou então falar com alguém que não vê havia algum tempo. Isso ocorre não só com os que estão para assistir ao culto, mas com aqueles que estão no trabalho pastoral, inclusive, e que teoricamente deveriam dar o exemplo. Conseguiu imaginar a cena, em que Deus espera que seus filhos silenciem as conversas paralelas e, aí sim, começam a prestar cultos a Ele? Não é uma cena triste, deixar Jesus “plantado”, esperando pelo louvor? Sem dúvida, é sim. Muitas vezes, seja antes do início ou no fim do culto, o templo mais parece um encontro social, onde as pessoas procuram falar sobre assuntos alheios á pregação. Será que Deus aprova isso, dentro de Sua própria casa? Como podemos mudar isto?
·                   O temor de Deus é a base para andarmos em seus caminhos, e para servirmos e amarmos a ele. Pv. 1.7, Dt. 10.12, 20-21.
·                   A reverência aumentará quando demonstrarmos o respeito adequado não só pelas Autoridades Gerais, mas também pelo sacerdócio local e pela liderança e principalmente a Deus quando estamos na casa do senhor. Porque nos comportamos como pessoas racionais perante homens, mas parecemos animais desordenados dentro da igreja. Lv 26.2, Hb 12,28
·                   Adoração exclusiva a Deus é algo que muitos perderam, fizeram para si deuses humanos como amigos cantores e líderes. Tornou-se mais importante falar ou conversar com seu irmão ao adorar o nosso Deus, quebrando assim toda a reverência dentro da igreja. Temos que adorá-lo com reverência em espírito e em verdade. Êx. 34.14, Jo. 4.24.
Conclusão:
      Saiba que é possível mudar essa situação, e não depende do pastor ou de qualquer outro líder. Só depende de você. Pense que a igreja não é só um lugar de adoração e culto a Deus, mas é também um refúgio em que buscamos a presença de Deus para aliviar as preocupações, esquecermos dos problemas que o mundo secular nos impõe diariamente, esquecermos das aflições e angústias. Quando Jesus entrou no templo e expulsou os que ali vendiam e compravam, ele disse: “A minha casa será chamada casa de oração. Está claro que Jesus Cristo estava tentando corrigir o problema e mostrou que é necessário que haja ordem na casa de Deus. Assim, nada mais justo do que manter um comportamento digno de um servo de Deus, prestando atenção para que o culto tenha ordem e decência e que a reverência a Deus, dentro da casa Dele, seja um exercício constante. Medite em Hc 2: 20, que diz: “O Senhor, porém, está no seu santo templo; cale-se diante Dele toda a terra”.
“Reverência é um ato de obediência, quem obedece, reverencia; e quem reverencia ama a Deus”.

Um comentário:

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...