terça-feira, 11 de setembro de 2012

MUDE...


 Porque complicamos tanto as questões de nossas vidas? Porque falamos tanto sem saber do que estamos falando? Porque em meio as crises questionamos se Deus existe? Bem... Responda estes argumentos e então te darei razão quando pensas que você é o pior dos piores, que Deus te esqueceu e até que Deus não existe. Responda então:
"Onde você estava quando Deus criou o mundo? Onde você estava quando a te
rra e o mar foram criados? Você não sabe tanto? Responda... Quem definiu seu tamanho? Por certo você sabe essa! Quem planejou as suas medidas? Como sua fundação foi moldada? e quem pôs a pedra principal Enquanto as estrelas da manhã cantavam e todos os anjos entoavam louvores...Alguma vez você ordenou à manhã: "levante-se!", ou disse qual era o lugar do amanhecer? Você conhece o segredo da morte? certamente sim... Enfim...Você ja viajou onde a neve é feita, e conheceu os depósitos de granizo... acho que esta você sabe... hem?? e aí? Deus não existe e esqueceu de você? ou você tem falado demais daquilo que não sabe, achando que é mais importante ou especial que os outros... Mais quem sabe seu conhecimento que vem aflorando graças as portas abertas por Deus para que você aprenda algo tem o tornado quase ateu... Pois se assim for me responda... Quem deu a sabedoria ao coração e entendimento a mente? E aí... ainda se acha o superior no entendimento? Quer um conselho... Se arrependa enquanto é tempo. Céu ou o inferno qual escolhe? Como bem falou meu amigo Pr. Odair Alves de Oliveira, "Fale pouco do que sabe e nada do que não sabe". Atitude é o que nos falta queremos o mundo em nossas mãos mas não queremos carregar a cruz. Reflita em Jó 38, e cresça. Faça a obra Dele, procure ser justo e receba as suas petições como prova de retribuição de fidelidade Dele para com você. Procure a dracma perdida hoje, e peça perdão a Deus e seja uma nova criatura... volte ao primeiro amor, enquanto existe vida em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...