quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Palavra Pastoral de 26 de Setembro de 2012


O MUNDO ESPIRITUAL.
(A SUA EXISTÊNCIA Parte I)

TEXTO DE REFERÊNCIA: Hb. 12.6-10, Jo. 4.23,24.
Introdução:
            Os textos em referência nos provam a existência de uma esfera que está além do nosso querer ou entendimento, pois este crer no mundo espiritual está ligado a nossa fé. Hb. 11.1-3. A verdade é que Satanás e seus espíritos estão em guerra com o espírito do homem e com o Espírito de Deus, e esta guerra é bem maior que uma guerra mundial; ela é uma guerra universal de teor espiritual.

            Se pararmos para pensar, veremos que a criação, baseada em Gn.1, nos mostra uma diferença bem significante, que nos leva a percebemos que todas as demais coisas, foram feitas daquilo que não se existia, ou seja, simplesmente Deus disse a tudo, Haja isto,haja isto... Enfim, tudo foi criado conforme a vontade dele, sem a necessidade de já ter sido criado antes por Ele tais coisas... Ou seja, mais uma vez a natureza e tudo que nela existe foi neste momento em Gênesis criado do nada; Mas quando chega no v. 26, tudo muda... “Façamos” o homem a nossa imagem e semelhança. Aqui já se caracteriza a existência de algo já criado, ou de um mundo já em existência, pois o termo “Façamos” nos mostra que algo pré-existente era fato! E que nós homens viventes, fomos uma cópia do que já existia no mundo espiritual, tendo vida após o sopro do espírito em nossas narinas... Gn. 2.7. A Bíblia confirma o fato do mundo espiritual de que há verdadeiros seres incorpóreos (sem corpo físico). Na verdade, estes seres existem em grandes números e em três esferas principais, e eles têm personalidade e caracteres peculiares (Anjos bons, Anjos maus e Demônios). A Bíblia menciona as palavras “espírito” ou “espíritos” 990 vezes. Na verdade, toda vida é espírito. Acabamos de ler que Deus soprou o espírito de vida para dentro do homem e ele passou a ser uma alma vivente. E a bíblia também afirma que quando o espírito parte, o homem morre Ec. 8.8; 12.7; 3.18-21; Tg. 2.26; Jó. 32.8; 33.4. Ainda que tenhamos a tendência de ser inconscientes do mundo dos espíritos que nos cerca, somos, na realidade, altamente influenciados e controlados por ele. A Bíblia diz que os pecadores são tomados cativos pelo diabo e são controlados por sua vontade no âmbito espiritual 2° Tm. 2.26. Isto não é algo estranho ou incomum; mais é a maneira como as coisas têm sido desde pouco depois de Adão ter sido criado. Normalmente, é necessário que tenhamos uma experiência ou contato com o campo espiritual antes que, de fato, nos inteiremos de sua realidade. Antes disso,o mundo espiritual se tornou para alguns apenas uma teoria do que realidade.

            A bíblia também nos ensina sobre os anjos, Serafins e querubins, que são todos seres espirituais Hb. 1.7-14; Gn. 3.24; Is. 6.2-6. A Bíblia também nos diz que há um incalculável número deles Dn. 7.10; Mt. 26.53, Deus é chamado de “O Senhor dos Exércitos”. Estes exércitos celestiais são organizados em principados (ou esferas) e tronos. Alguns são mais elevados em beleza e autoridade (lembre-se de Lúcifer, também de Gabriel, o anjo mensageiro e de Miguel, o anjo guerreiro). 1° Pe. 3.22; Cl. 1.16; Ef. 3.10. Também aprendemos que o campo de ação de satanás é no âmbito espiritual. Satanás era, originalmente, um anjo de Deus de alto posto, o qual caiu por causa do orgulho, ambição e rebeldia Is. 14.12-15; Ez. 28.12-18. Ele modelou o seu reino à maneira do de Deus com relação ao fato de que ele tem organizado: sistemas, principados e poderes Dn. 10.12-13; Jo. 14.30; Ef. 2.1-2; 6.12. Seus demônios são espíritos também Lc. 10.17-20; 1° Tm 4.1; Ap. 16.14; Mt. 12.43-45.

           O fato de que uma pessoa exista significa que ela, necessariamente, estará envolvida no âmbito espiritual e terá que enfrentar e lidar com as realidades e influências espirituais. Na realidade, no sistema atual das coisas, todos estes três âmbitos (Satanás, Homem e Deus) estão em guerra um com o outro. Em outras palavras, há um momento em que o homem está em guerra tanto com o Espírito de Deus como com os espíritos de satanás. E Deus está em guerra com o mal do espírito do homem e com os maus espíritos. Satanás e seus espíritos estão em guerra com o espírito do homem e com o Espírito de Deus. Este é, na verdade, o verdadeiro campo de batalha do bem contra o mal, da justiça contra a injustiça Ef. 6.11-12. Já que isto é verdadeiro, Deus, então, proporciona ao crente uma armadura e equipamentos espirituais para que ele possa ter a vitória nesta guerra 2° Co. 10.3-5 essa referência nos mostra que a batalha é no campo dos pensamentos e da mente (espiritual). É bom que nos lembremos de que todos os pensamentos se originam no espírito. Os corpos não pensam as árvores ou objetos inanimados não pensam, mas os espíritos pensam 1° Co 2.11-12, ou seja, todos os pensamentos vêm de um dos três âmbitos espirituais já falados (Satanás, Homem e Deus), devemos reconhecer isto e resistir àqueles maus pensamentos que vêm ao nosso espírito enviado pelos maus espíritos, os quais são impuros e pecaminosos, como também evitar desenvolver em nós pensamentos impuros aos olhos de Deus.

            A linha divisória entre uma operação humana e divina pode ser obscura a alguns crentes, mas alguém com a faculdade do discernimento espiritual enxerga claramente uma separação. Somente o fato de que todos os três âmbitos espirituais são manifestos por meio do homem faz com que passamos a entender que este mundo realmente existe, pois todas as manifestações do mundo espiritual, seja da parte de Satanás ou do nosso Deus, têm como base o nosso envolvimento.

           Entenda... Este Mundo é real e você é peça de desejo nele, tanto de Deus, pois Ele te ama, Jo. 3.16, e por causa deste amor, por Satanás que te odeia 1° Pe. 5.8. Escolha o seu lado neste mundo espiritual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS DUAS ÁRVORES

Texto de referência: Jo. 15.1-22. Introdução: A natureza, e tudo que existe em sua volta, são constantemente apresentadas e co...